SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Digite o que procura

POLÍTICA

Governo da Paraíba proíbe condenados por crime de racismo de assumir cargos públicos

Paraíba
Foto: Reprodução

Ouça POP Mais FM

O governo da Paraíba determinou que condenados por racismo estão proibidos de assumir cargos públicos nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do estado. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (2), no Diário Oficial do Estado (DOE) e está em vigor a partir de hoje.

A Lei 12.863/2023, de autoria do deputado estadual George Morais (União Brasil), determina que a proibição aplica-se, inclusive, em cargos efetivos, comissionados e de confiança. O texto entende como crime de racismo, a conduta prevista no artigo 20 da Lei Federal nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.

A publicação ainda ordena que as autoridades competentes deverão verificar a existência de condenação por crime de racismo no histórico dos candidatos a cargos públicos durante os processos de seleção e nomeação. Caso seja constatada a condenação, o candidato não poderá ser nomeado ou empossado no cargo pretendido.

Em caso de descumprimento, os órgãos responsáveis pela fiscalização deverão tomar medidas administrativas, podendo ser aplicadas advertências, multas e até mesmo a exoneração do cargo público ocupado indevidamente.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Indicadas para você

NOTÍCIAS

Ouça POP Mais FM A matéria a seguir pode ser sensível para algumas pessoas. Se você está precisando de ajuda, ligue agora mesmo no...

ENTRETENIMENTO

Ouça POP Mais FM O nome do ator Manu Rios, muito conhecido por interpretar o personagem Patrick Blanco, na série Elite, da Netflix, foi...

NOTÍCIAS

Ouça POP Mais FM Um dos motoristas do presidente Jair Bolsonaro deu entrada em um hospital de Brasília apresentando problemas respiratórios, o que pode...

NOTÍCIAS

Ouça POP Mais FM A influenciadora digital e modelo OnlyFans Kerolay Chaves, 21 anos, viu seu nome tomar força nas web após declarar ter...

Copyright © 2020-23 | Revista 360º